Portal memória | Gabinetona

Letramento étnico-racial

Projeto de letramento étnico-racial que percorre escolas, universidades, centros culturais e outros espaços para desconstruir preconceitos e propor novos paradigmas sobre a cultura, os saberes e a ancestralidade indígena. Para isso, o Indianiza BH promove aulas, exposições, feiras e rodas de conversa que chamam a atenção para a ocupação da cidade pelos povos indígenas e o respeito a sua forma de trabalhar, conviver e existir. 

O projeto procura incidir no cenário de vulnerabilidade social e desconhecimento em relação à população indígena em contexto urbano, que soma mais de 3 mil pessoas em Belo Horizonte.

Associado a esse projeto, apresentamos, na Câmara Municipal de Belo Horizonte, o PL da Indumentária (PL 465/2017), que propõe a preservação das práticas, manifestações e ritos das culturas tradicionais e populares nos espaços públicos. Também nos mobilizamos pela criação do Centro de Referência Indígena, espaço de apoio para as pessoas que vivem na Região Metropolitana de Belo Horizonte ou que estão de passagem por ela. Indianizar a cidade é garantir que ela irá respeitar a população indígena.

Veja aqui outros projetos